Buraco de Mácula

O que é Buraco de Mácula?

Prof. Dr. Rony C. Preti explica que dentro do olho temos a retina e nesta uma região central denominada de mácula, que pela característica das células que a compõe, é responsável pela visão de detalhes e cores, ver anatomia. Buraco Macular é uma doença em que um “buraco” se desenvolve nesta região levando a redução visual.

Qual a causa do Buraco de Mácula?

A causa exata da formação deste ainda não é exatamente compreendida, contudo existem algumas teorias. A principal delas seria as forças tracionais exercidas pelo vítreo. O vítreo é o componente “gelatinoso” que se encontra dentro do olho.

Existem outras causas de desenvolvimento de buraco macular como aqueles relacionados a alta miopia, a trauma ocular contuso e a exposição solar acentuada.

Se o paciente apresentar buraco de mácula em somente um dos olhos geralmente ele não vai queixar-se da presença da doença até que ocorra diminuição importante da visão, contudo se a presença do buraco for bilateral as queixas serão precoces.

O que o paciente sente quando tem Buraco de Mácula?

Entre os sintomas relatados estão a perda de visão de longe, dificuldade de leitura e mancha acinzentada na região central da visão. Alguns indivíduos relatam distorção da imagem. Contudo, na grande maioria das vezes, o diagnóstico é realizado em um exame de rotina de troca de óculos e o paciente nem tinha notado a diminuição da visão. Fotos do fundo de olho da doença, ver fig.1, abaixo.

Fig. 1. Ilustração do Buraco de Mácula no fundo do olho

Fig. 1. Ilustração do Buraco de Mácula no fundo do olho

Quais os exames utilizados para o diagnóstico do Buraco de Mácula?

Os exames que auxiliam no diagnóstico e tratamento da doença são

  • Mapeamento de retina;
  • Retinografia;
  • Angiografia de retina; e
  • Tomografia de coerência óptica, fig. 2, abaixo.
Fig. 2. Ilustração do buraco macular à tomografia de coerência óptica

Fig. 2. Ilustração do buraco macular à tomografia de coerência óptica

Qual o tratamento para Buraco de Mácula?

O tratamento desta doença consiste na realização de uma cirurgia denominada de Vitrectomia Pars Plana ou posterior com introdução de um gás especial dentro do olho, tudo isto com o intuito de aliviar as forças tracionais, que estão sendo exercidas sobre a mácula, para assim termos o fechamento do buraco de mácula. Importante é que quanto mais rápido operar maior será a recuperação da visão.

O gás tende a permanecer dentro do olho por 2 semanas a 2 meses a depender do tipo do gás que foi utilizado. A recuperação visual geralmente leva de 1 a 3 meses. Além do gás, pode ser usado também o óleo de silicone.

Com o fechamento do buráco de mácula o paciente tende a melhorar a visão, tendo a chance de voltar a ter uma visão normal, a depender da rapidez da realização da cirurgia depois da descoberta da doença. Abaixo a foto do intraoperatório de uma cirurgia de correção do buraco de mácula.

Buraco macular Rony Preti

O que acontece se não operar o Buraco de Mácula?

Caso seja tomada a decisão de não operar o buraco de mácula, o paciente tende a evoluir com piora da visão progressivamente.

Quais as complicações da cirurgia?

As complicações inerentes desta cirurgia são catarata para quem não tenha ainda operado desta, infecção, descolamento de retina e sangramento.