Menu
 
Home
Instituto
Currículo
Anatomia
Doenças
Catarata
Exames
Cirurgias
Consultas
Convênios
Localização
Homenagem a mãe
FAQ
 
Busca rápida
 
 
 
Newsletter
 
Cadastre seu e-mail e receba notícias do Instituto de Retina.
[Não quero receber mais]
 
 
 
  Doenças
 
Buraco Macular
   
 
Dentro do olho temos a retina e nesta uma região central denominada de mácula, que pela característica das células que a compõe, é responsável pela visão de detalhes e cores, ver anatomia. Buraco Macular é uma doença em que um “buraco” se desenvolve nesta região levando a redução visual.

A causa exata da formação deste ainda não é exatamente compreendida, contudo existe algumas teorias. A principal delas seria as forcas tracionais exercidas pelo vítreo. O vítreo é o componente “gelatinoso” que mantém a estrutura ocular.

Com a idade ele começa a ficar mais liquefeito e a ganhar maior mobilidade intraocularmente e isto proporciona trações na região macular que propicia o desenvolvimento da doença.

Existem outras causas de desenvolvimento de buraco macular como aqueles relacionados a alta miopia, a trauma ocular contuso e a exposição solar acentuada.

Se o paciente apresentar buraco macular em somente um dos olhos geralmente ele não vai queixar-se da presença da doença até que ocorra diminuição importante da visão, contudo se a presença do buraco for bilateral as queixas serão precoces.

Entre os sintomas relatados estão a perda de visão de longe, dificuldade de leitura e mancha acinzentada na região central da visão. Alguns indivíduos relatam distorção da imagem. Fotos do fundo de olho da doença, ver fig.1, abaixo.

Os exames que auxiliam no diagnóstico e tratamento da doença são angiografia de retina e tomografia de coerência óptica, fig. 2, abaixo.

O tratamento desta doença consiste na realização de uma cirurgia denominada de Vitrectomia Pars Plana com introdução de um gás especial dentro do olho, o qual tem por intuito aliviar as forças tracionais, que estão sendo exercidas sobre a mácula, para assim termos o fechamento do buraco macular.

O gás tem como objetivo, ajudar o fechamento do buraco macular, contudo o paciente tem que assumir a posição de estar sempre de olho no chão para maximizar o efeito do mesmo, já que a mácula fica na região posterior do olho. Esta posição deve ser estritamente respeitada por aproximadamente 2 semanas.

O gás tende a permanecer dentro do olho por aproximadamente 1 - 2 meses e no decorrer deste tempo, o paciente enxergará uma mancha escura na parte inferior do campo visual.

Com o passar dos dias o gás vai sendo absorvido pelo próprio organismo e sendo substituído por líquido produzido da parte anterior do olho. Importante ser lembrado, quando o paciente apresenta o gás dentro do olho, ele esta terminantemente proibido de viajar de avião ou ir para altas altitudes pois o gás tende a expandir e elevar a pressão do olho a níveis preocupantes.

A recuperação visual geralmente leva 3 meses. As complicações inerentes desta cirurgia são catarata para quem não tenha ainda operado desta, infecção e descolamento de retina.
   
 
 
Fig. 1. Ilustração do Buraco de Mácula no fundo do olho   Fig. 2. Ilustração do buraco macular à tomografia de coerência óptica
 
Voltar
 
   
       
  2008 | Instituto de Retina - Dr. Rony | Todos os direitos reservados PC design studio  
       
  retina - descolamento de retina - degeneração macular - vitrectomia - lucentis
avastin - membrana epirretiniana - retinopata diabetica - catarata